Breaking News

Kéfera revela que foi ameaçada de estupro coletivo durante período das eleições


Nesta sexta (25/01) a youtuber Kéfera Buchmann revelou que durante as eleições foi ameaçada de estupro coletivo durante o período das eleições. A atriz é ativista e tem um ponto de vista bem diferente do atual presidente Jair Bolsonaro.

"Está pior do que eu imaginava". Se posicionar politicamente, contudo, não rendeu frutos tão positivos. Entre críticas e ameaças, ela destaca uma, a que mais a assustou, cujo autor está sendo processado: "Ele estava organizando um estupro coletivo contra mim. Estamos tomando as providências na Justiça"
"A gente vive essa cultura do estupro que preza pela 'correção' por meio da violência sexual. Recebi muitas ameaças de estupro, não só essa. Diziam que se me achassem na rua, me agrediriam. Claro que senti medo, mas nós, mulheres, sentimos medo todos os dias; não tem jeito".

A resistência que Kéfera propõe não é somente nas redes sociais. Para ela, a participação da oposição tem que ser ativa.
 "Todo dia aparece um novo suposto envolvimento do filho do Bolsonaro com coisas erradas. A gente avisou. 'Ninguém solta a mão de ninguém' não pode se restringir às redes sociais". 

Nenhum comentário