Diretor de Velozes & Furiosos 7 vai produzir novo filme de Mortal Kombat


Mortal Kombat nunca teve uma vida muito fácil no cinema. Em 1995, o diretor Paul W.S. Anderson (da franquia Resident Evil) tentou aplicar sua receita de sucesso para mais uma adaptação do videogame, com Christopher Lambert no elenco, mas o resultado foi fraco: apenas US$122 milhões no mundo inteiro.

Os estúdios New Line deram uma segunda chance à história, mas dessa vez, com um diretor desconhecido, e nenhum nome de peso do elenco. Mortal Kombat - A Aniquilação (1997) foi ainda pior: US$51 milhões mundialmente, além de críticas desastrosas.

Mesmo assim, James Wan (diretor de Velozes & Furiosos 7 e Invocação do Mal) ainda acredita no potencial da história, e quer levar Scorpion, Sub-Zero, Kano e Kitana aos cinemas mais uma vez. Ele vai produzir um novo começo à saga de ação (o início de uma franquia, talvez?), que foi descrito como "ponto de partida para a mitologia", prometendo "lutas mais brutais e sombrias".



Os roteiristas do projeto serão Oren Uziel (da série Mortal Kombat: Legacy) e David Callaham (de Os Mercenários e Doom: A Porta do Inferno). A trama, sem surpresas, vai girar em torno de um rapaz que nunca praticou artes marciais, mas torna-se guerreiro quando é obrigado a participar de "uma batalha entre várias dimensões". O orçamento será modesto, de apenas US$50 milhões, o que talvez comprometa a qualidade dos efeitos visuais.

About Ridval R. Ferreira

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.