Após boicote do público, Iggy Azalea cancela show em parada gay

As coisas não estão nada bem para Iggy Azalea neste ano, após ter que cancelar a turnê de apoio ao álbum "The New Classic" a rapper foi boicotada e deixado de fora da Pittsburgh Pride.


Depois que a participação da rapper australiana na tradicional parada gay foi anunciada, o público ameaçou boicotar o evento e até interromper a apresentação da artista com manifestações, devido a uma série de comentários homofóbicos e preconceituosos que a loira publicou em seu Twitter há muitos anos, quando chegou aos Estados Unidos com 16 anos. A rapper tentou se desculpar:


"Esta foi uma decisão difícil, já que apoio bastante a comunidade LGBTIQA, mas no momento sinto que minha presença distrairia as pessoas do real propósito do evento. Acredito piamente em igualdade. Infelizmente, no passado, quando era jovem, eu usei palavras que não deveria. A última coisa que quero é que coisas ditas de maneira tão imprudente sejam representantes do meu caráter"


"Eu não quis o mal de ninguém, e realmente me arrependo de usar aquelas palavras", completou Iggy, que no passado referiu-se à mulheres que jogavam futebol "machonas" e usou o termo "homo" de maneira pejorativa ao descrever dois homens. "Como adulta, eu jamais as usaria pois entendo que elas têm papel importantíssimo na batalha contra problemas em que realmente acredito. Me desculpa a qualquer um que eu tenha ofendido ou desapontado"
.


About Ridval R. Ferreira

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.