Billboard menciona Pabllo Vittar como uma das maiores razões para ficar animado sobre 2018


Apesar da constante melancolia política, 2017 foi um ano bastante estelar para o entretenimento LGBTQ. Deusa dos gays como Halsey, Miley Cyrus e Kehlani roubaram os holofotes e drag queens dispararam descontroladamente. Nós até conseguimos um hino gay sobre os pais, cortesia do recém-chegado do eletro-pop Sakima.

Então, o que está reservado para 2018? Ao que parece, a previsão é feroz e fabulosa, com uma chance de ter Frank Ocean. Aqui estão 18 coisas que estamos entusiasmados para este ano:

Pabllo Vittar se torna international

A sensação drag brasileira, Pabllo Vittar, teve um enorme 2017, intercalando colaborações com Charli XCX e Major Lazer, uma campanha com a Coca-Cola e um álbum de sucesso, "Vai Passar Mal" -- e parece que 2018 será ainda maior. Em uma entrevista com a Billboard, ele deu prévias sobre projetos de filmes e televisão em andamento - e um álbum que inclui uma parte de convidados internacionais.

Grandes expectativas para Hayley
 Neste ponto, a ascensão de Hayley Kiyoko para a dominação Billboard Hot 100 parece inevitável. Depois de dois lançamentos estelares, a fumacenta "Sleepover" e a franca "Feelings", a estrela lésbica está preparada para ter uma estréia promissora com seu primeiro álbum solo, Expectations, previsto para primavera.

Troyan tem uma boa música
 Saindo de colaborações de alto perfil com Martin Garrix e Alessia Cara, Troye Sivan dará seguimento ao Blue Neighbourhood de 2015 com o lançamento do seu segundo álbum ainda sem título. Embora os detalhes sejam escassos, Sivan declarou que pelo menos uma das faixas é uma "boptina", e um representante confirmou que o álbum sairá no primeiro semestre do ano.

About Ridval R. Ferreira

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.