Breaking News
recent

Quarto onde Michael Jackson morreu tinha camiseta ensanguentada e fotos de bebês


Muitos mistérios ainda rondam a morte de Michael Jackson, em junho de 2009, aos 51 anos, e alguns deles estão começando a ser desvendados pela polícia norte-americana agora. Nesta quinta-feira (30), o site Mirror publicou algumas fotos feitas por policiais no quarto do Rei do Pop na época da tragédia. No local, eles encontraram coisas como camisetas sujas de sangue, frascos de remédios e fotos de bebês.

Os cliques estão no livro 83 Minutes: The Doctor, The Damage, and the Shocking Death of Michael Jackson, e mostram o ambiente em que o astro viveu seus últimos dias. “Era um estilo de vida esquálida de um viciado em drogas”, dizem os autores da obra, Mark Langhorne e Matt Richard. Dezenas de comprimidos, tanques de oxigênio e medicamentos estavam espalhados pelo quarto da mansão após sua morte.

Michael proibia as empregadas de acessarem o local e não limpava nada, deixando, segundo o livro, um cheiro terrível no cômodo. A camiseta suja de sangue, por exemplo, foi colocada em um cabide dentro de um armário com outras roupas. Sacos plásticos, luvas de látex, cremes e vidros de soro fisiológico também se encontravam no chão.

Mas o que chamou a atenção mesmo dos investigadores foram fotos de bebês desconhecidos espalhadas em cima de uma cabeceira. Nas gavetas, uma faixa com os dizeres “sweet baby” (doce bebê, em tradução livre) estava guardada.

De acordo com o livro, paramédicos também viram uma boneca deitada em cima da casa. “Na cama, descansava uma boneca de porcelana com cabelo dourado encaracolado, vestido em uma roupinha bege com imagens de animais que decoram sua caixa”, diz a passagem. Vale lembrar que Michael se preparava para uma grande volta aos palcos e possível turnê mundial.


Ridval R. Ferreira

Ridval R. Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conteúdo de sites parceiros




Destaque do canal

Tecnologia do Blogger.