Cientistas revelam que William Shakespeare fumava maconha

Se você se encanta com as obras de William Shakespeare , então vai ficar surpreso com uma pesquisa feita por estudiosos! Tentando desvendar o mistério por trás do que era fumado em cachimbos encontrados no jardim da residência de Shakespeare, em Stratford-upon Avon, eles acabaram descobrindo resíduos de maconha.

As amostras foram analisadas em Pretória usando uma técnica sofisticada chamada espectrometria de massa de cromatografia em fase gasosa. Segundo Frances Thackeray, chefe do departamento de Paleontologia do Museu Transvaal de Pretória, as palavras utilizadas por Shakespeare sugeriam uma influência alucinógena induzida pela droga. Como um exemplo, o científico ressaltou o Soneto Número 76 , na qual o dramaturgo faz uma referência a uma “célebre erva”.

Cientistas revelam que William Shakespeare fumava maconha Cientistas revelam que William Shakespeare fumava maconha Reviewed by Ridval R. Ferreira on 20:13:00 Rating: 5

Postagem em destaque

Top 5: Melhores filmes de 2018

O ano de 2018 foi muito importante para a indústria cinematográfica, e teve vários lançamentos que surpreenderam o público. E o CPCOM d...

Tecnologia do Blogger.