Breaking News
recent

Top 5: Melhores singles da Miley Cyrus

Miley Cyrus se reinventou e nos mostrou seu poder perante a indústria musical, com um repertório repleto de hits separamos os que mais representam esta fase diva da cantora. Confira ao top 5:

#1 Wrecking Ball




"Wrecking Ball"foi escrita por Maureen Anne McDonald (MoZella), Stephan Moccio, Sacha Skarbek, Lukasz Gottwald e Henry Russell Walter, sua produção ficou a cargo dos dois últimos sob os nomes artísticos de Dr. Luke e Cirkut. Musicalmente, é classificada como uma balada do gênero pop, e sua letra discute a deterioração de um relacionamento; houve grandes especulações de que a música foi inspirada pelo ex-noivo da artista, Liam Hemsworth.

A canção foi originalmente escrita com Beyoncé em mente antes de ser oferecida para Miley. O single foi lançado em 25 de agosto de 2013 através da RCA Records como o segundo single de "Bangerz", nos formatos de CD single e download digital.


A recepção por parte dos críticos de música foi positiva. Os analistas apreciaram o conteúdo lírico e a produção. Contudo, alguns questionaram se a demonstração emocional de Cyrus era genuína, já que ela recentemente gerou controvérsias devido à sua imagem sexual crescente. Inicialmente lançada como uma canção promocional na loja virtual iTunes Store, "Wrecking Ball" estreou na 50.ª posição no Hot 100 da Billboard. Entretanto, após o seu lançamento como um foco de divulgação oficial, tornou-se a primeira obra da artista a atingir a primeira posição da supracitada tabela norte-americana, principalmente após o lançamento de seu polêmico videoclipe. Até janeiro de 2014, haviam sido vendidas mais de três milhões de cópias da composição nos Estados Unidos. Internacionalmente, o single obteve um sucesso forte: alcançou o topo das tabelas oficiais de Canadá e Reino Unido, e conquistou as dez melhores posições em grande parte da Europa e na Oceania.

#2 Can't Be Tamed




Foi composta pela própria com o auxílio de Marek Pompetzki, Paul Neumann, Antonia Armato e Tim James, sendo produzida pelos dois últimos com o auxílio de Devrim Karaoglu. O single estreou na página oficial de Miley no serviço MySpace em 30 de abril de 2010, sendo posteriormente enviado às rádios estadunidenses em 3 de maio seguinte e disponibilizado em formato físico e digital quinze dias depois. Um remix produzido por Rockangeles com a participação do rapper Lil Jon foi incluído como faixa bônus nas edições digitais do álbum.


Em termos musicais, "Can't Be Tamed" é uma canção dance e eletrônica com influências do dance-pop, do electropop e do synthpop, sendo executada através de um ritmo dançante de andamento acelerado, e constitui vozes sintetizadas através do uso do Autotune.

Sua letra, de acordo com Cyrus, "Can't Be Tamed" descreve o desejo de sair e experimentar a liberdade, em que suas letras lidam com os temas da liberdade e da auto expressão, apoiadas por letras sensuais. A obra recebeu análises positivas da mídia especializada, a qual prezou o seu estilo dançante. Comercialmente, o single obteve êxito classificando-se entre os dez mais vendidos no Canadá, na Irlanda e na Nova Zelândia. Nos Estados Unidos, debutou na oitava posição da lista Billboard Hot 100.

O videoclipe correspondente foi dirigido por Robert Hales e estreou exclusivamente em 4 de maio de 2010 através da página E! Online. As cenas retratam Cyrus presa em uma gaiola gigante dentro de um museu. Após ser libertada da gaiola, ela e seus companheiros dançam e destroem o local. A obra recebeu revisões positivas dos críticos e foi comparada a vídeos de artistas como Britney Spears e Lady Gaga. Como forma de divulgação, a cantora apresentou "Can't Be Tamed" em diversos programas televisivos e nas turnês Gypsy Heart (2011) e Bangerz (2014).

#3 We Can't Stop



Lançada como o primeiro single de seu quarto álbum de estúdio, Bangerz. A canção foi liberada no dia 3 de junho de 2013, através da RCA Records, sendo disponibilizada para compra digital e execução nas rádios. Escrita por Mike L. Williams II, Miley Cyrus, Pierre Ramon Slaughter, Timothy Thomas, Theron Thomas, Douglas Davis, Ricky Walters e produzida pelo primeiro, é uma faixa que mescla características do R&B e da música pop, cuja letra fala sobre diversão e liberdade.

Logo após seu lançamento, "We Can't Stop" foi bem recepcionada por boa parte da crítica musical, que destacou a evolução musical de Cyrus em relação a trabalhos anteriores. Comercialmente, o tema também vem desempenhando-se de forma positiva. Conseguiu destaque em várias partes do mundo com suas vendas na loja virtual iTunes, ficando em primeiro lugar no iTunes, em mais de 40 países.

Na sua semana de estreia a canção vendeu aproximadamente 214 mil cópias em território estadunidense, sendo a quarta melhor estreia do primeiro semestre do ano, ficando atrás do cantor Justin Timberlake com a canção "Suit & Tie" que estreou com 315 mil cópias; da cantora Ariana Grande, com "The Way", que estreou com 219 mil cópias; e da cantora Demi Lovato, com o single "Heart Attack", que vendeu 215 mil unidades em sua primeira semana.

"We Can't Stop" estreou na 11º posição na Billboard Hot 100, tendo alcançado a 2º posição mais tarde, sendo assim a segunda música de Cyrus que obteve o melhor desempenho no chart da Billboard. No Reino Unido "We Can't Stop" estreou na 1ª posição no UK Singles Charts vendendo 128 mil na primeira semana de lançamento tornando-se seu primeiro número um lá . Na Nova Zelândia a canção também alcançou a 1ª posição na New Zealand Singles Charts .

#4 Who Owns My Heart




Foi composta por Miley, Devrim Karaoglu, Antonina Armato e Tim James e produzida pelos dois últimos. "Who Owns My Heart" foi lançada em 22 de outubro de 2010 pela Hollywood Records como o segundo single do terceiro álbum de estúdio da artista, Can't Be Tamed, em regiões europeias selecionadas. Foi composta a respeito dos sentimentos do ambiente de um clube noturno que podem levar alguém a supor. "Who Owns My Heart" é musicalmente uma canção de eletronic dance music e conduzida por sintetizadores. Liricamente, é sobre conhecer um interesse amoroso em uma danceteria.


A obra recebeu opiniões mistas por parte dos críticos. Alguns disseram que era "sem graça e sem identificação", enquanto outros consideraram-na uma das melhores faixas em "Can't Be Tamed". "Who Owns My Heart" falhou ao obter sucesso comercial, ao contrário de seu antecessor, o "Can't Be Tamed". O single desempenhou-se moderadamente em países de língua neerlandesa e em territórios europeus, com o seu maior pico internacional sendo atingido no número dois da região belga de Flandres. Também entrou em paradas da Áustria, da Alemanha e da Eslováquia. O vídeo correspondente para "Who Owns My Heart" foi dirigido por Robert Hales. Mostra Cyrus se preparando e chegando na festa de uma mansão. A gravação recebeu críticas do Parents Television Council (PTC) devido aos seus elementos sexuais. A canção foi promovida através de várias apresentações ao vivo na Europa. O single também faz parte do repertório da Gypsy Heart Tour, a turnê de Cyrus de 2011.

#5 Adore You




"Adore You"  foi composta e produzida por Orel Yoel, com o auxílio de Stacy Barthe na escrita. Após o lançamento do disco, a faixa conseguiu entrar nas tabelas do Canadá, dos Estados Unidos, da França e do Reino Unido. Consequentemente, foi enviada para as rádios dos Estados Unidos em 17 de dezembro de 2013, servindo como o terceiro single do projeto.
Ridval R. Ferreira

Ridval R. Ferreira

Conteúdo de sites parceiros




Destaque do canal

Tecnologia do Blogger.