Resenha Crítica (23ª Edição): Rihanna- "FourFiveSeconds"

60.3, razoável 
Rihanna fez seu comeback de forma diferente neste ano, lançou uma música que jamais imaginamos que ouviria da cantora de barbados. Acostumados com 'farofas' os fãs se decepcionaram ao ouvir "FourFiveSeconds" com Kanye Weat e Paul McCartney que alcançou o top 5 do iTunes no dia de lançamento. 

"FourFiveSeconds" frist single do #R8 (nome não confirmado) é o single de longe é a música mais diferente já cantada por Rihanna, uma balada acústica acompanhada apenas pelo violão que lembra muito folk e indie. Ouça:



O ponto mais alto da música está na ponte, onde Rihanna alcança notas mais altas (agora acompanhada por um piano) em versos mais inteligentes e passa toda emoção da canção:
And I know that you're up tonight
Thinkin' how could I be so selfish
But you called bout a thousand times wondering where I been
Now I know that your up tonight
Thinkin' how could I be so reckless
But I just can't apologize, I hope you can understand
"FourFiveSeconds" não deu aos fãs o que eles queria, mas talvez nos entregou muito mais, uma Rihanna consolidada trabalhando com lendas musicais e mostrando seus vocais dignos de Sia.

Mesmo assim está longe de ser uma das melhores produções de Rihanna, principalmente quando se trata de um frist single de uma grande diva e esperamos algo "destruidor de carreiras". Ao todo a parceria com Kanye West & Paul McCartney (desnecessários na música) é razoavel, com seus pontos altos e baixos. Porém o mais importante é Rihanna está de volta.

Resenha Crítica (23ª Edição): Rihanna- "FourFiveSeconds" Resenha Crítica (23ª Edição): Rihanna- "FourFiveSeconds" Reviewed by Ridval R. Ferreira on 16:12:00 Rating: 5

Postagem em destaque

Top 5: Melhores filmes de 2018

O ano de 2018 foi muito importante para a indústria cinematográfica, e teve vários lançamentos que surpreenderam o público. E o CPCOM d...

Tecnologia do Blogger.